47 Ronin – O livro

0

Valores Perdidos

47-Ronin-A-Grande-Batalha-Samurai-Poster

Recentemente estive em uma livraria no Centro do RJ e mais uma vez vi, em uma estante, o livro 47 Ronins, com a capa do filme estrelado por Keanu Reeves; logo, o primeiro pensamento que me veio a cabeça foi de que não tinha interesse em ler uma adaptação do filme.

Porém, não sei por que razão, resolvi pegá-lo e foleá-lo. Para minha surpresa, o livro contava a história romanceada do que realmente havia ocorrido entre um lorde da corte do Shogun Tsunayoshi e um Daimyo da região de Aka; e como este desentendimento gerou consequências irreversíveis para os samurais daquela época e toda a sociedade do Japão.

Imediatamente comprei o livro, lamentando pela capa que não fazia jus à fabulosa e inspiradora história dos 47 samurais que levaram a lealdade ao seu sentido mais profundo.

A cada página me encantava mais com a história e ao mesmo tempo lamentava por não temos mais exemplos vivos como estes, para ensinarmos às gerações mais novas valores como honra e lealdade.

No final, como não poderia deixar de ser, me emocionei e lagrimas desceram. A certeza de que foram leais até o fim foi a força que os fez aguentar todo o tipo de intempéries.

HONRA, CORAGEM, DETERMINAÇÃO são valores enfatizados nesta história; são valores que devemos cultivar a cada dia, de forma a sempre sermos leais e verdadeiros.

Ganbarimashou.

Obs.: Arrancei a capa do livro!!!

Leia também a história real:clique aqui.

Leia também a Crítica ao filme:clique aqui.

Share.

About Author

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.