As 5 Habilidades

0

cnag221620
Existem 5 habilidades que todos nós devemos cultivar. No texto abaixo elas estão representadas em 5 formas, mas podem adquirir outras formas. O importante é que sejam cultivas (música, pensamento estratégico, erudição, arte e defesa pessoal).

O texto abaixo é uma tradução livre dos ensinamento de Deng Ming-Dao, um filosofo Chinês radicado nos Estados Unidos e que estuda o Taoísmo como filosofia de vida.

“H A B I L I DA D E S

Cítara, xadrez, livro, pintura, espada
Simbolizam habilidades clássicas.

11737991_721122741324926_7541938057293524126_n

Existia um andarilho que não dava a mínima para fama. Apesar de ter tido várias chances para tal posição, ele continuou à procura de professores que poderiam ajudá-lo a dominar cinco coisas: a cítara, o xadrez, o livro, a pintura e a espada.

A arpa deu a ele música, que expressava a alma. O xadrez cultivava a estratégia e uma resposta às ações do outro. Livros davam a ele educação acadêmica. Pintura era o exercício da beleza e da sensibilidade. A espada era um recurso para a saúde e defesa.

Um dia, um garotinho perguntou ao andarilho o que ele faria se perdesse estas cinco coisas. À princípio o andarilho ficou assustado, mas logo percebeu que sua cítara não poderia tocar sozinha, que o tabuleiro de xadrez não era nada sem os jogadores, que um livro precisava de um leitor, que o pincel e a tinta não poderiam se mover sozinhos, e que uma espada não poderia ser desembainhada sem uma mão. Ele compreendeu, então, que o seu refinamento não era meramente para a aquisição de habilidades: era um caminho para a mais profunda parte do seu ser.”

Tradução Livre
365 Tao: Daily Meditations
Deng Ming-Dao

Share.

About Author

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.