Dia K

0

Dia Mundial do Karatê

Vamos lutar pela inclusão do Karatê nos Jogos Olímpicos!

Dia-K
A pedido da Okinawa Karatê Mundial (OKW), a Assembléia da cidade de Okinawa declarou o dia 25 de Outubro como o “Dia Mundial do Karatê”. Decidiu-se por esta data, com a presença do governador de Naha, Keichi Inamine e o Secretário da Assembléia de Okinawa, Seizen Hokama.

Em referência as instituições que aderiram a data, estão Okinawa Karatê do Renmei, Okinawa Ken Karatê do Renmei, Okinawa Karatê Kobudô Renmei e a Okinawa Ken Karatê do Rengokai. Foi estabelecido como dia mundial do karatê para todos os estilos do mundo. Vários senseis direcionaram palavras com muita emoção.

O Sensei Kyoshi Tusa, da Federação de Karatê de Okinawa, relatou como matéria obrigatória os princípios de Karatê nas Universidades ao redor do país.”O Karatê deveria ser unificado mundialmente para melhorar o intercâmbio de informação e para praticar um só Karatê”

Da Federação Okinawense de Karatê e Kobudô, o Sensei Minoru Higa, deixou claro a importância de que o Karatê competitivo e o Tradicional colaborem em unidade “São indispensáveis, mas ambos devem cooperar e reconhecer os pontos fortes do outro para crescer” expressou.

Da Escola Karatê Do Rengokai de Okinawan, o Mestre Eiki Kurashita, falou en nome da entidade quando disse “Espero que as pessoas mo mundo tome este dia como uma oportunidade de esforço para desenvolver a cultura do Karatê Do “Por último, o Mestre Seihan Shiroma, da Federação de Kobudô de Okinawa, reconheceu a iniciativa como uma excelente maneira de manter o valor cultural da arte marcial em questão.

Share.

About Author

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.