Ginásticas Corporais

Yoga
Ginásticas corporais são exercícios físicos que potencializam determinadas práticas esportivas, podendo ser praticadas separadamente como opção de atividade física ou em conjunto com outras atividades físico-desportivas.

Exemplos clássicos que podemos citar, e abordar com maior riqueza de detalhes em postagens próprias é o Yoga e Tai Chi Chuan; outra atividade, esta mais ligada a preparação física de atletas, é o treinamento funcional.

Já na área de atividade cardio respiratória temos o Chi Kung, práticas chinesas que trabalham o conceito de respiração, para a manipulação da energia Chi (ki), também utilizada no Tai Chi Chuan.

Vamos entender resumidamente cada uma das citadas práticas.

Yoga

Podemos explicar a Ioga como um conjunto de antigas práticas espirituais, onde o homem buscava a união entre o corpo, a mente e o espírito. Sua origem é a Índia e data de mais de cinco mil anos, e constituem uma importante tradição Hindu.

Com o tempo e a prática constante da Yoga, seu praticante adquire mais flexibilidade corporal, enquanto sua mente se torna mais disciplinada, de forma que o estresse do dia-a-dia vai sendo controlado e os sentimentos vão se harmonizando, fazendo com que seja atingido um estado de alegria.

Tai Chi Chuan

O Tai Chi Chuan não é propriamente uma ginástica corporal como muitos acreditam ser, mas uma eficiente arte marcial chinesa. Seu nome significa o “Supremo Punho Final” e reflete sua eficiência como arte de combate. Entretanto, é muito comum vermos seu uso associado aos benefícios à saúde, principalmente à terceira idade, isto porque, seus movimentos marciais podem ser treinados de forma suave, como exercícios físicos que trabalharão os órgãos internos e a manipulação da energia Chi (Ki).

A medicina moderna já encontrou evidências concretas de que o T’ai Chi melhora a saúde psicológica e física de seus praticantes, bem como servindo de meio de socializar pessoas, inclusive na terceira idade.

Chi Kung

Chi kung, também conhecido como Qigong, é uma prática de alinhamento do corpo, através de movimentos coordenados com respiração e meditação em movimento para o “Cultivo da Energia da Vida”, muito utilizada para manutenção da saúde e nas artes marciais.

Sua origem é atribuída à China, tradicionalmente o Chi Kung é visto como uma prática para cultivar o equilibro da energia Chi (Ki), ou traduzindo, a energia vital.

De acordo com a filosofia taoísta, budista e confucionista, respetivamente, o Chi Kung abre acessos aos níveis mais elevados de consciência, despertando a verdadeira natureza do ser, ajudando, portanto, a desenvolver o potencial humano.

Treinamento Funcional

O Treinamento Funcional é um novo conceito de preparação física que tem por objetivo estar conectado à funcionalidade dos movimentos ou atividades. Tem a ver com aprimorar a capacidade funcional do indivíduo nas atividades que lhe são próprias e específicas. Se destina não só ao atleta, mas principalmente ao indivíduo comum, que encontra nessa forma não convencional de treinar uma alternativa para ganhar massa muscular, perder peso, sentir-se mais disposto e melhorar a performance nas atividades que realiza de forma mais específica, motivante e eficiente.