Tai Chi Chuan

Tai chi chuan é uma arte marcial interna chinesa, parcialmente baseada no pa kua, categoria esta nomeada em chinês neijia. Este estilo de arte marcial é reconhecido também como uma forma de meditação em movimento.

Tai Chi ChuanOs princípios filosóficos do tai chi chuan remetem ao taoismo e à alquimia chinesa. A relação de yin e yang, os cinco elementos, o ba gua (Oito Trigramas), o Livro das Mutações (I Ching) e o Tao Te Ching de Lao Zi são algumas das principais referências para a compreensão de seus fundamentos.

Os textos clássicos do tai chi chuan escritos pelos mestres orientam a:

Vencer o movimento através da quietude (Yi Jing Zhi Dong) 以靜制動
Vencer a dureza através da suavidade (Yi Rou Ke Gang) 以柔克剛
Vencer o rápido através do lento (Yi Man Sheng Kuai) 以慢勝快

O tai chi chuan tem suas raízes na China, sendo, atualmente, uma arte praticada no mundo todo. É apreciado no ocidente especialmente por sua relação com a meditação (tao yin) e com a promoção da saúde, oferecendo, aos que vivem no ritmo veloz das grandes cidades, uma referência de tranquilidade e equilíbrio.

Os criadores do tai chi chuan basearam sua arte na observação da natureza – não apenas na observação dos animais, mas também no estudo dos princípios da interação entre os diversos elementos naturais. Como somos parte desta natureza, o conhecimento destes princípios e de como atuam dentro de nós, estudados pela medicina tradicional chinesa, revelam o tai chi como uma fonte efetiva de energia que encontra-se em nosso interior, situada na região do corpo nomeada pelos chineses de dantian médio.(wikipédia)

Tai Chi Chuan no Templo do CéuDesta forma, o Tai Chi Chuan pode ser visto como uma “atividade física e mental, que herdou milênios de cultura e pesquisa empírica sobre movimento corporal, saúde, circulação de energia e meditação. O Tai Chi Chuan pode ser um meio de levá-lo a um modo de viver mais integral e a um estado de espirito mais feliz, a um contato mais proximo consigo, e a ter mais vitalidade e saúde.” (Eduardo Molon – taichichuan.org.br)

O fato de que o Tai Chi ter sobrevivido por milhares de anos é um testemunho de seus benefícios positivos. É bom para o corpo e para a mente, e há cinco razões para que o Tai Chi seja o exercício preferido de muitas pessoas em todo o mundo.

1.FÁCIL PARA O CORPO. Tai Chi é uma forma de exercício de baixo impacto, o que o que o torna uma ótima opção para iniciantes. Outra questão é o fato de que não existe em seus movimentos, nenhuma sobrecarga para as juntas ou músculos, o que reflete com um real benefício para os idosos.

2.MELHORA O EQUILÍBRIO. A maioria dos movimentos do Tai Chi envolvem posições seguras e firmes que são executadas em um tempo razoável. Por isso, ajuda a melhorar a força do núcleo (centro do corpo), que é vital para controlar os movimentos e manter-se estável. Os idosos correm um risco muito maior de quedas e as consequências de uma queda podem ser muito graves. Praticar Tai Chi regularmente pode melhorar o seu equilíbrio e fortalecer o seu tanden (centro do corpo), diminuindo a possibilidade de quedas.

3.AUMENTA A FLEXIBILIDADE. enrijecimento das articulações e perda de flexibilidade é apenas parte do processo de envelhecimento, mas muitas pessoas mais velhas também começam a sofrer de artrite e desgaste sobre as articulações. Tai Chi envolve movimentos lentos e controlados, de extensão ou estático; por este motivo, suas técnicas são ótimas para aumentar a flexibilidade. Permanecer flexível é vital para a manutenção da saúde das articulações para que as pessoas mais velhas possam permanecer ativos por mais tempo em sua velhice.

4.MELHORA A ATIVIDADE CEREBRAL. Tai Chi é uma forma holística de exercício. Sua abordagem vem de uma crença na integração de mente, corpo e alma. Porque ele estimula o corpo e o cérebro a trabalharem em conjunto, especialmente na memorização de movimentos; inclusive os padrões de movimentos de mão e pé têm sido mostrados para melhorar o funcionamento cognitivo.

5.COMBATE A DEPRESSÃO. Todas as formas de exercício são bons para impulsionar o seu humor, pois libera substâncias químicas no cérebro que influenciam positivamente o nosso estado de espírito. Os idosos têm um maior risco de desenvolver depressão e exercício é uma ótima maneira de combater isso. Tai Chi também foca no bem-estar mental e relaxamento, por isso é uma forma eficaz de enfrentar os problemas.

*Este artigo foi fornecido em associação com a Casas Hallmark que dirigem 18 lares em toda a Inglaterra e País de Gales. Para mais informações, visite: Casas Hallmark