Eu Maior

0

eumaior-994x350
Há alguns meses atrás tive a boa oportunidade de assistir à um documentário chamado Eu Maior, um filme sobre autoconhecimento e busca da felicidade.

Após o término da seção, sai com a impressão que nem sempre paramos para fazermos uma auto-análise para tornar-mo-nos pessoas melhores e “fazer o bem sem olhar a quem”.

Utilizamos nosso tempo, na maior parte das vezes, em prol do ganho próprio, enquanto ficamos frios em relação aos outros a nossa volta. Neste filme, questionamentos como “quem somos? porque estamos aqui? e qual o sentido da vida?” são feitos, nos convidando a uma reflexão maior do verdadeiro sentido da vida.

O projeto é uma iniciativa da ONG DoBem, produzido pela Catalisadora Audiovisual. O filme foi exibido nos cinemas da capitais de todo o país, além de disponibilizado integralmente na internet. Outra iniciativa interessante foi a possibilidade de exibições organizadas por grupos, encorajando ao debate em suas cidades, tudo através do site (www.eumaior.com.br).

Apesar de já fazer um tempo da sua estréia, o site continua no ar, com todas as ferramentas de interação disponíveis. Assim, é nossa sugestão que, após assistir ao filme, e tendo gostado, organize em sua cidade ou espaço, um grupo para assistirem o filme e depois formarem um grupo de discussão.

A proposta não é de se fazer um debate formal e dogmático, mas um bate papo descontraído e informal, no qual todos possam aprender e dividir experiências.

O filme nos apresenta um número considerável de entrevistas com diferentes visões. Interessante é que no site você pode assistir as entrevistas separadamente, e o que percebi é que os vídeos separados são mais completos, por não terem sofrido edições. Algumas opiniões são contrárias a de outros entrevistados, mas nem por isso menos interessantes. Aliás, é justamente essa a ideia do projeto, abrir o debate.

Eu maior traz uma reflexão contemporânea sobre autoconhecimento e busca da felicidade, por meio de entrevistas com expoentes de diferentes áreas, incluindo líderes espirituais, intelectuais, artistas e esportistas. O filme está sendo lançado por meio de uma inovadora plataforma que inclui, Home-Vídeo (DVD e Blue-ray), Download e Streaming (Youtube).

Eu Maior, o filme completo

– Eu Maior foi idealizado por Fernando, Paulo e Marco Schultz e André Melman.

Compartilhe.

Sobre o Autor

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.