Taoismo

Taoismo2
O taoismo é uma tradição filosófica e religiosa originária da China, que enfatiza a vida em harmonia com a natureza e com o Tao (Caminho – Dô) e nesse aspecto, sua sabedoria sugere que suas origens remontam ao mundo xamânico da China pré-dinástica.

O termo chinês tao significa “caminho”, “via” ou “princípio”, e também pode ser encontrado em outras filosofias e religiões chinesas. No taoismo, especificamente, o termo designa a fonte, a dinâmica e a força motriz por trás de tudo que existe.

Quem prática essa doutrina, entende que de acordo com as leis da natureza, toda criatura encontra o próprio caminho, e assim cada um de nós tem sua própria senda. Assim, aqueles que pretendem seguir o Caminho não devem interferir no curso da vida, mas devem deixar as coisas seguirem seu ritmo natural.

Definir o Tao é praticamente impossível, pois, segundo os próprios ensinamentos do taoismo: “O Tao do qual se pode discorrer não é o eterno Tao”.

Esse é um ensinamento do maior filosófico do taoismo, Lao Tsé (Lao Zí), que escreveu o livro magno do taoismo, chamado Tao Te Ching, um livro conciso e ambíguo que contém os seus ensinamentos. Este livro e mais os escritos de Chuang Tsé (Zhuang Zí), formam os alicerces da filosofia taoista.
lao-tzu-bird
Os ensinamentos de Lao-Tsé e Chuang Tsé não devem ser confundidos com o culto taoista mistico e de caráter teológico, que se preocupam com o prolongamento da vida.

O taoismo filosófico, que enfatiza o estudo da natureza, nunca foi institucionalizado. Entretanto, mesmo não tendo se tornado uma religião organizada, o taoismo tem atraído a curiosidade de estudiosos e filosóficos do Extremo Oriente há mais de dois mil anos.

Quanto a outras formas de taoismo, no entanto, ao longo do tempo, foram se institucionalizando em diferentes escolas que, sob influência de outras tradições filosóficas e até místicas, combinavam conceitos, crenças e práticas, criando uma doutrina própria. Exemplo disso pode ser visto nas teorias da Escola dos Naturalistas, que sintetizaram conceitos como o do Yin-Yang e o dos cinco elementos.

Embora as tradições taoistas variem, conforme a escola, os seus preceitos éticos e ensinamentos em geral, enfatizam a serenidade, a moderação dos desejos, a simplicidade e espontaneidade, bem como a contemplação da natureza, a meditação no vazio, e a prática dos Três Tesouros: a compaixão, a moderação e a humildade.

Para o taoismo deveríamos evitar construir prognósticos e perseguir metas, e em seu lugar deveríamos deixar que o Tao flua através de nós. Essa abordagem da vida, chamada wu wei, ou “sem esforço”, é a chave para viver em harmonia com o Tao.
monjetaoista
Essa forma de pensar teve profunda influência na cultura chinesa e em todo o leste da Ásia, no decorrer dos séculos. Após Lao tsé e Chuang Tsé, houve um crescimento exponencial da literatura taoista, e seus escritos passaram a ser copilados em cânones, sendo mais famoso o Daozang, o qual foi muitas vezes publicado a mando do Imperador da China.

Ao longo da história chinesa, o taoismo, muitas vezes foi decretado como religião do Estado, porém sofrendo perda de popularidade com a introdução do budismo na China, bem como de outras filosofias. Finalmente, nos primeiros anos da República Popular da China, o taoismo sofreu mais um golpe, em razão da repressão feita pelo governo, que via em sua filosofia uma ameaça à Revolução Cultural de Mao Tsé-Tung, continuando a ser praticado livremente apenas em Taiwan. Mas com o passar dos anos, muita coisa mudou e hoje é reconhecida como uma das cinco religiões da China.

A busca pelo reconhecimento fez com que, os clérigos dos grupos institucionalizados do taoismo, buscassem definir distinções claras entre as suas tradições ritualísticas e os costumes e práticas d outras religiões e tradições místicas encontradas nas outras religiões da China. Isso porque, muitas vezes se torna difícil encontrar diferenças.

As várias formas de expressão cultural, artística, religiosa e até de artes marciais estão entrelaçadas com o taoismo. Nesse sentido, podemos citar o Feng Shui, o Qi-gong, bem como a medicina chinesa e diferentes estilos de wu-shu, como exemplos de como os conceitos próprios de cada arte podem estar ligados aos conceitos do Tao, que embora não costume ser compreendida com facilidade longe de suas raízes asiáticas, tem seguidores em diversas sociedades ao redor do mundo.