KUMITE, por Tetsuhiko Asai

0

Treine sem medo e deixe a amizade de lado.

Asai-Sensei-e
“O treinamento de Kumite não deve envolver amizade. Não há amizade ao lutar com alguém, isso se você pensa em aprender o Karate como um real bujutsu (técnica de guerra), você deve treinar num espírito de seriedade, de acordo com o objetivo do seu treinamento.

Por exemplo, quando fizer yakusoku-kumite (lutas combinadas – kihon ippon kumite, gohon kumite, sanbon kumite, etc), o atacante deve tentar acertar o defensor. Ambos devem atacar do ma’ai (distância) correta, não muito longe, nem muito perto.

Esse é o ponto mais básico no treinamento de Kumite, se a pessoa não segue isso com precisão, estarão desperdiçando completamente seu tempo de prática. Obviamente cada um deve usar o bom senso quando treina com alguém menos experiente, ou fisicamente mais fraco, mas num alto nível, não há desculpas se você encara alguém mais forte. Quando defende e contra-ataca você não deve ter receios, deve buscar o espírito `sem medo’.

Entre na distância sem um pensamento pré-concebido, esse foi meu caminho quando eu participava de competições. Eu não me importava, apenas reagia. Isso é essencial e deve ser buscado pelo karateka. Por isso eu sempre ensino que se afastar é mais perigoso, dê enfase nas entradas. Tudo ocorre passo-a-passo, mas para os instrutores, há a responsabilidade de ser forte mentalmente e fisicamente.

Certamente muitos são fortes, mas acabam usando a idade, ou a graduação, como uma desculpa, e isso é inaceitável. Karateka de alto nível devem buscar uma técnica afiada, independente da idade, para superar a força, tamanho e juventude do outro. Isso é Karate, e o propósito de toda habilidade técnica. Instrutores devem se auto-treinar diariamente!”

– Tetsuhiko Asai

Quem foi Tetsuhiko Asai

Tetsuhiko Asai (07 de junho de 1935 – 15 de agosto de 2006) foi um proeminente japonês mestre de Karatê-Dô Shotokan Ryu; foi diretor técnico da Japan Karate Association (JKA), fundador e Instrutor Chefe da Japan International Artes Marciais Karate Asai-ryu (IJKA), e fundador da Japan Karate Shoto-Renmei (JKS, também conhecido como a Federação Japan Karate Shoto).

Em 1958, Asai Sensei se graduou pela Universidade Takushoku, onde havia treinado karate sob a coordenação de Gichin Funakoshi Sensei, e também de Masatoshi Nakayama Sensei e Teruyuki Okazaki. Através da recomendação de Nakayama Sensei, ele entrou para o programa de formação de instrutores da JKA e formou-se no curso três anos depois. Asai venceu o campeonato JKA em kumite (luta), em 1961, e no kata em 1963. Asai se tornou o primeiro instrutor de karatê a introduzir a arte em Taiwan. Através da segunda metade da década de 1960, ele ensinou karatê no Havaí, durante cinco anos, com seus alunos, incluindo Kenneth Funakoshi (quarto primo de Gichin Funakoshi).

Ao longo dos anos, Asai Sensei avançou dentro da JKA, e foi nomeado como Diretor Técnico.Após a morte de Nakayama Sensei, a JKA passou por uma fase de disputas internar e problemas políticos que resultou na divisão da entidade; Asai Sensei e colegas (incluindo Keigo Abe e Mikio Yahara) formaram um grupo, enquanto Nakahara Nobuyuki e colegas formados em 1999 foram oficialmente reconhecidos como a JKA. Em 2000, ele fundou a Japan International Martial Arts Karate Asai- ryu e o Japan Karate Shoto-Renmei. Em termos de graduação, Asai Sensei alcançou o 9º dan em Karatê Shotokan, 3º dan em jodo, 2º dan de judô, 2º dan em jukendo e 2º dan no kendo.

Fonte: http://asaikarate.com/

Compartilhe.

Sobre o Autor

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.