Sempre servir

0

O principal propósito da vida do guerreiro da luz é servir, mas como servir verdadeiramente? Embora o sentido de servência possa mudar de sociedade para sociedade, em todas as culturas existe um consenso comum sobre a melhor forma de servir.

servir

Para os religiosos se resume a propagar sua fé e ensinamentos para o mundo e com estes ensinamentos praticar a caridade, benevolência e compaixão.

Para o guerreiro da luz, servir é um ato contínuo e parte de sua vida; ele serve primeiramente aos seus pais, como forma de demonstrar o seu amor e gratidão, por ter recebido deles o maior presente, que é a vida. Também deve servir ao seu Mestre de forma útil e despida de ego, sempre pondo em primeiro lugar o interesse de seu Mestre sobre os seus próprios.

pai-filho

Mas não basta servir às pessoas mais próximas como os pais e o mestre, o guerreiro da luz serve como instrumento da sociedade, de forma a se tornar um exemplo. Deve ser um homem justo e honesto, gentil e amoroso, esforçado e tenaz.

Seguir este caminho na vida não é fácil, pois muitas pessoas tentarão lhe demover desta forma de agir. O Mundo está cada vez mais carente de símbolos, cada vez mais individualista.

É necessário viver plenamente os antigos ensinamentos, agir de forma abnegada e altruísta, servindo a sociedade buscando sempre o melhor. Isto é Bushidô!

As vezes as pessoas me perguntam:

“para que serve o Bushidô?”

Ou dizem:

“você é muito ingênuo em acreditar em coisas como essas (Bushido)”

MINHAPGINA2

Então eu respondo:

“A vida é simples, basta um pouco de esforço e boa vontade que tudo dá para fazer.”

Humildade é a chave que abre muitas portas; seja humilde, simples e tenha boa vontade. Sinceridade também é importante; seja sincero com as pessoas e com você mesmo. Haja de forma sempre correta e não se admita pensando coisa vis.

O pensamento é um ferramente poderosa para nos fazer errar.

Busque agir com a verdade e sirva sempre com felicidade.

Que seu dia seja repleto de boas energias.

Ganbarimashou!

Share.

About Author

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.