Tenshin Shōden Katori Shintō-ryū

0

Tenshin shōden Katori shintō-ryū ou Katori shintō-ryū, é um estilo antigo (koryū) de budō criado por Iizasa Choisai Ienao durante o período Muromachi.

A versão mais aceite para a origem do estilo é que um famoso guerreiro, já idoso, Iizasa Choisai Ienao ficou mil dias e mil noites treinando as suas técnicas, até que surgiu uma divindade (kami) junto a uma árvore (que supostamente ainda está de pé junto ao templo de Katori), que lhe transmitiu o conhecimento das técnicas mais supremas do estilo.

Este é um dos estilos mais antigos e tradicionais que se tem notícia, criado há mais de 500 anos e um dos poucos estilos dessa época que possuem uma sólida documentação acerca da sua linhagem desde a fundação. De forma inédita, foi considerado tesouro nacional do Japão em 1960.

O representante atual do estilo (Soke) ainda é um membro da família Iizasa, embora não pratique o estilo. Em seu lugar, há um instrutor-chefe (Shihan) Otake Risuke que rege toda a parte técnica do estilo.

Este estilo é considerado o estilo mais antigo (koryū) registado de budō (artes guerreiras japonesas), tendo sido a origem para inúmeras derivações. Dois, entre muitos, estilos famosos que surgiram a partir do Katori shintō-ryū são:

Kashima shintō-ryū: criado por Tsukahara Bokuden
Tennen rishin-ryū, criado por Kondo Kuranosuke e popularizado como o estilo do Shinsengumi.
Hoje em dia, a escola mantém o tradicional protocolo de admissão, o qual o candidato interessado em estudá-la, deverá realizar o keppan (lit. juramento de ingresso), firmando com seu próprio sangue um documento em que aceita as normas estabelecidas pelo fundador da escola, o Mestre Iizasa Choisai Ienao, há mais de 600 anos.

Share.

About Author

André Miranda

Nascido no Rio de Janeiro, mas, devido a sua ascendência nordestina, criado na Bahia, começou Karatê em 1988, na extinta Lince Karatê Clube, com a Sensei Amanda Barcelar Pires (primeira faixa-preta mulher da Bahia, aluna de Denilson Caribé - ASKABA). Graduou-se faixa preta pela FNAM, com o Sensei Masco Monteiro. De volta ao Rio de Janeiro, continuou seu treinamento com o Sensei Humberto Amorim (6º Dan), no Quartel São João da Urca, com quem continua treinando. Praticante do estilo Shotokan Ryu, o qual é 3º Dan, em 2009 começou a praticar Jiu-Jitsu (sob a orientação do Sensei Gustavo Souza - 6º Dan) e Aikido (sob a orientação do Sensei Luciano Santana - 4º Dan). Amante da cultura Japonesa fundou o Instituto Ishindo, onde busca difundir a cultura e tradição marcial japonesa.

Comments are closed.